5 dicas para planejar uma lua de mel inesquecível

Entre as muitas expectativas que envolvem todo o momento do casamento, está a necessidade de planejar a lua de mel.

Esse momento importante, que servirá de “folga” para relaxar após toda a correria do casamento e também para o novo casal se curtir, precisa ser bem arquitetado para que tudo saia perfeito.

É muito comum que as pessoas viagem na lua de mel, normalmente, para um local bastante romântico (e que caiba no bolso, logicamente).

Para você que está em dúvida sobre como planejar a lua de mel para que os primeiros dias de casados sejam os melhores possíveis, esse artigo irá lhe auxiliar bastante.

Aqui você irá aprender 5 dicas cruciais para planejar a lua de mel inesquecível e dos sonhos.

Quer saber mais? Então acompanhe esse artigo até o final!

Lua de mel: saiba como planejar a sua e torna-la inesquecível

Dica 1: Atente-se ao orçamento

A primeira dica, e uma das mais importantes, de como planejar a lua de mel ideal é saber qual o orçamento disponível para tal finalidade.

A partir do momento em que você tem definido quanto pode gastar, será possível saber tudo o que poderá ou não ser feito no restante do planejamento.

O local de viagem, por exemplo, só poderá ser escolhido depois que o orçamento para a lua de mel estiver fechado, pois isso impede que vocês planejem uma viagem para Paris e não possam pagar.

Além disso, ao saber o orçamento é possível ficar atento para algumas outras dicas que podem baratear a passagem, como planejar a lua de mel para fora da alta temporada.

Nesse período, as passagens estão mais baratas, a hospedagem mais em conta e os locais vazios para o casal ficar a sós mais confortavelmente.

Dica 2: Escolha o local da lua de mel

A escolha do local deve ser feita, como dito anteriormente, após a definição do orçamento, pois assim vocês podem escolher um que esteja dentro da realidade financeira.

Planejar uma viagem de lua de mel envolve escolher um local que os dois estejam de acordo e que combine com esse momento especial.

Muitos casais gostam de viajar para as praias, principalmente aquelas mais lindas e desertas, para ter mais momentos a sós.

Outros preferem locais mais “badalados”, como cidades turísticas, vide Paris, Nova York e Londres, por exemplo.

A questão é que tudo esteja dentro do valor que vocês podem gastar, evitando correr riscos de passar por “perrengues”.

Como comentado na dica anterior, viajar fora da alta temporada é uma excelente dica para planejar uma viagem lua de mel mais em conta.

Além disso, é importante escolher o período em que o destino da viagem permita que vocês aproveitem bastante.

Se a viagem for para um local que chova muito em determinada época do ano, de nada adiantar ir no período chuvoso, pois isso pode impedir muitos passeios.

Já se o seu objetivo é ver neve, como muitas pessoas desejam ao viajar para países mais frios, não adianta ir na época do verão do local.

Dica 3: Compra de passagens e reservas de hospedagem

Após escolher o local, é importante ficar atento para o planejamento da compra de passagens e da hospedagem.

Existem alguns turnos e dias em que viajar é mais barato, como na terça, na quarta e no sábado pela madrugada.

Comprar com antecedência também permite que tenha-se uma economia maior nos valores das passagens do que compra-las em cima da hora.

Em diversos sites, é possível já comprar as passagens em um pacote conjuntamente com a reserva da hospedagem, saindo bem mais barato do que fazer cada um isoladamente.

Com essas dicas, você pode planejar a lua de mel de forma econômica, mas usufruindo de bons hotéis em locais muito bonitos e românticos.

Dica 4: Atente-se para a documentação necessária

Uma dica muito importante para evitar qualquer transtorno que possa atrapalhar a sua lua de mel ideal é ficar atento à documentação necessária para a viagem.

Em alguns países, é obrigatório ter visto para entrar, além de serem exigidas determinadas vacinas, por exemplo.

Os países da América do Sul não exigem visto nem passaporte do turista brasileiro, podendo você viajar apenas com a carteira de identidade.

Entretanto, caso o voo para algum país sul-americano tenha escala fora do continente, como no Panamá (escala comum em voos do Brasil para a Colômbia), que fica na América Central, é preciso ter o passaporte em mãos.

Assim, sabendo de todos os documentos exigidos pelo país (e nas escalas que seu voo fará), será possível planejar a lua de mel para não haver transtornos.

Dica 5: Não exagere na bagagem

Como você já deve ter visto em noticiários, as bagagens estão sofrendo com regras rigorosas das empresas aéreas, principalmente as de mão.

Assim, é preciso ficar atento na hora de arrumar as malas, para não precisar pagar taxas extras na hora do embarque e que comprometam o orçamento da viagem.

Leve apenas o que for necessário, como roupas que estejam de acordo com o clima do destino da viagem (se for para uma praia, para que casaco, e se for para um local frio, para que biquíni?).

Além do problema na hora de embarcar com o excesso de malas, vocês ainda podem ter dificuldades na locomoção, tanto a pé quanto em transportes no local (privado ou público).

Faça uma lista do que irá precisar e elimine tudo o que for desnecessário, para alcançar a medida certa da bagagem.

Conclusão

Como você viu, planejar a lua de mel é um momento de muita expectativa e que precisa ser bem feito para que nada saia fora do esperado.

O fechamento do orçamento, a escolha do local ideal, a compra das passagens e a reserva da hospedagem são alguns fatores importantíssimos que não podem ficar de fora do planejamento.

Gostou do artigo de hoje sobre 5 dicas para planejar uma lua de mel inesquecível?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.